Cedo Venho

Portal de Noticias

Demência: sintomas, tratamentos e causas

O que é Demência?

Demência é uma condição em que ocorre perda da função cerebral. É um conjunto de sintomas que afetam diretamente a qualidade de vida da pessoa, levando a problemas cognitivos, de memória, raciocínio e afetando, também, a linguagem, o comportamento e alterando a própria personalidade.

Tipos

As demências podem ser agrupadas em dois grandes grupos: as reversíveis e as irreversíveis, estas últimas também chamadas de degenerativas. As demências do tipo irreversível também são progressivas, ou seja, pioram com o passar do tempo. O melhor exemplo de demência degenerativa é a doença de Alzheimer. Os danos causados ao cérebro, neste caso, não podem, portanto, ser interrompidos ou revertidos.

Já as demências reversíveis são aquelas que, apesar de causarem danos ao cérebro, podem ter seus sintomas revertidos. Bons exemplos para esse caso são tumores cerebrais, deficiência de vitamina B12, hidrocefalia normotensiva, entre outros.

Causas

Diversas doenças estão por trás das causas da demência. Veja exemplos:

Serafins Personalizados e Cia

Demências degenerativas

  • Doença de Alzheimer
  • Demência com corpos de Lewy, cujos sintomas são similares aos do Alzheimer e cuja incidência é a segunda maior entre as demências (perdendo apenas para o próprio Alzheimer)
  • Demência vascular, resultante de uma série de pequenos acidentes vasculares cerebrais (AVC)
  • Demência frontotemporal, que é uma degeneração que ocorre no lóbulo frontal do cérebro e que pode se espalhar para o lóbulo temporal.

Demências reversíveis

  • Tumores cerebrais
  • Demências de causa metabólica, em que há alterações nos níveis de açúcar, sódio e cálcio no sangue
  • Baixos níveis de vitamina B12
  • Hidrocefalia normotensiva
  • Uso de determinados medicamentos, principalmente alguns para tratar colesterol
  • Abuso crônico do álcool.

Outras demências

  • Traumatismo craniano
  • Doença de Parkinson
  • Esclerose múltipla
  • Doença de Huntington
  • Doença de Pick
  • Paralisia supranuclear progressiva
  • Infecções que podem afetar o cérebro, como HIV/AIDS e doença de Lyme
  • Doença de Creutzfeldt-Jakob.

Fatores de risco

Muitos fatores podem levar à demência. Alguns fatores, como idade, histórico familiar de demências e síndrome de Down, não podem ser alterados ou prevenidos.

Idade

À medida que uma pessoa envelhece, o risco de demências aumenta consideravelmente, especialmente após os 65 anos. A demência, por outro lado e ao contrário do que muita gente pensa, não é parte normal do envelhecimento, pois também pode ocorrer em pessoas mais novas.

Histórico familiar

Se você tem histórico familiar de demência, você está em maior risco de desenvolver alguma condição. No entanto, isso está longe de ser uma regra, já que muitas pessoas com histórico familiar podem também não desenvolver nenhuma doença, enquanto que uma pessoa sem nenhum tipo de histórico médico de demência desenvolver alguma ao longo da vida. Uma pessoa com mutações genéticas específicas está em maior risco de desenvolver certos tipos de demência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *