Cedo Venho

Portal de Noticias

Cantora se converte após perder a voz: “Descobri a verdadeira felicidade em Deus”


cantora e youtuber Louisy Cim falou sobre seu testemunho em seu canal. Ela conta que nasceu em uma família católica, mas logo aos três anos passou a frequentar uma igreja batista após a separação de seus pais.

“Quando eu tinha sete anos eu tive minha primeira experiência com Deus. Um profeta veio para mim e disse que eu ia cantar e pregar o Evangelho nas nações. Fiquei muito assustada porque eu não cantava, era muito novinha”, disse ela.

Louisy conta que depois de alguns anos sua mãe voltou para a igreja católica e ela teve de acompanhá-la. A jovem era bastante ativa nos grupos e aos 14 anos foi estudar nos Estados Unidos.

“Era o meu grande sonho, foi um tempo maravilhoso na minha vida, porém eu não ia para igreja com frequência. Eu nunca perdi meu contato com Deus, mas eu não ia para igreja. Quando voltei para o Brasil, eu já tinha 18 anos e queria tocar o terror. Só queria festa e a minha mãe dizia: Louisy, canta na igreja”, lembrou.

Louisy dizia para a mãe que não queria realizar essa atividade. “Eu cantar na igreja? Eu prefiro morrer do que cantar na igreja. Eu prefiro não ter voz do que eu cantar na igreja”, disse ela para sua mãe, na época.

“Eu não queria saber de chamado nenhum, eu amava Deus mas não queria cantar para Ele. Eu sempre fui a mais alegre e festeira. Bebia, ia fazer show, mas quando chegava em casa tinha uma tristeza que eu não sabia de onde vinha. Uma vez por mês eu procurava uma igreja para tirar o peso da consciência”, disse a jovem.

Ela conta que toda vez que ia em uma igreja, alguém a alertava sobre seu chamado. “Eu dizia: ‘Deus, eu não quero’. Cada vez que eu fazia mais show, mais triste eu ficava e eu lembro que nos últimos eu saía chorando. Com o passar do tempo eu passei a perder a minha voz frequentemente”, disse.

“Teve um carnaval que eu não tive voz no último dia e procurei um otorrino. Ele disse que eu estava com dois nódulos. Eu fiquei arrasada e disse: ‘É hora de voltar para a igreja’. Tive ainda algumas recaídas, mas depois eu tomei uma decisão e disse: ‘Deus, toma conta da minha vida, tira tudo da minha vida que não te pertence.

Tudo que não te agrada. Pode tirar’. Não foi fácil, perdi tudo perdi, amigos, emprego. Antes a minha felicidade era festa e vários amigos, mas eu chorava todos os dias. Depois eu descobri de onde vem a minha verdadeira felicidade. Deus transformou e restaurou a minha vida”, ressaltou.

Fonte: Guiame – 08 de Setembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *