Márcio Ezequiel

Síndrome de Diótrefes

SÍNDROME DE DIÓTRIFES

Tenho escrito à igreja; mas Diótrefes, que procura ter entre eles o primado, não nos recebe.

Por isso, se eu for, trarei à memória as obras que ele faz, proferindo contra nós palavras maliciosas; e, não contente com isto, não recebe os irmãos, e impede os que querem recebê-los, e os lança fora da igreja.

Amado, não sigas o mal, mas o bem. Quem faz o bem é de Deus; mas quem faz o mal não tem visto a Deus.

(3 João 1:9-11)

Quem foi Diótrefes?

Diótrefes foi um personagem descrito  por são João na sua terceira epístola, como sendo um grande, opositor de seu trabalho. Além de ser ambicioso, orgulhoso, insubmisso a autoridade apostólica, rebelde e inóspito, João diz na sua carta que Diótrefes tentou impedir aqueles que desejavam mostrar hospitalidade aos irmãos e ate os expulsava  da igreja. O nome Diótrefes significa “alimentado por Júpiter!” Júpiter (ou Zeus) na mitologia greco-romana, era considerado o “deus” dos “deuses.” no nosso sistema solar, Júpiter é o maior de todos os planetas. Seu nome por si só, fala-nos de soberba, vaidade, prepotência, jactância, orgulho,  etc…

CARACTERÍSTICAS DE DIÓTRIFES

1-PRIMAZIA IMPOSTA

1- Diótrefes, que procura ter entre eles o primado,” (3 João 1:9)

Diófrites se considerava o melhor dos melhores, queria ter todas as atenções voltadas única e exclusivamente para ele. Queria os holofotes; e ai de quem não o reconhecesse ou se opusesse.  Típico de líderes de, regimes e governos totalitários e ditatoriais (Coréia do norte, Venezuela e a Bolívia que vai se configurando nesse cenário), que usurpam  o poder, fazem os fins justificarem os meios, empurram guela a abaixo suas ideologia, e, ai, daqueles que se opõem. Se esquecem porem, das palavras inerentes e infalíveis do Deus vivo que diz: ” A soberba precede à ruína; e o orgulho, à queda.” (Provérbios 16:18).

2- SE OPÕEM AO PRINCÍPIO DE AUTORIDADE

“Tenho escrito à igreja; mas Diótrefes, que procura ter entre eles o primado, não nos recebe.” (3 João 1:9).

A síndrome de Diófrites está presente nos, filhos rebeldes:

“honra teu pai e tua mãe”

(Êxodo 20:12),

cidadãos sediciosos:

“Todo o homem esteja sujeito às autoridades superiores. Pois não há autoridade que não venha de Deus; e as que há, têm sido ordenadas por Deus. De modo que aquele que se opõe à autoridade, resiste à ordenação de Deus; e os que resistem, trarão sobre si condenação.”

(Romanos 13:1-2),

 funcionários revoltosos:

“Servos obedeçam a seus senhores terrenos com respeito e temor, com sinceridade de coração, como a Cristo.

Obedeçam-lhes não apenas para agradá-los quando eles os observam, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus.”

(Efésios 6:5,6),

esposas insubmissas:

 “Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor,

pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador.

Assim como a igreja está sujeita a Cristo, também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos.”

(Efésios 5:22-24),

crentes insurretos, que preferem ser desigrejados:

 “Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.

(Hebreus 13:17).

Diótrefes é rebelde. E rebelde, Deus o trata como feiticeiro:

“Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria,”

(1 Samuel 15:23)

3-CALUNIADOR

“proferindo contra nós palavras maliciosas; “ (3 João 1:10)

Diófrites enxergava a autoridade apostólico de João como uma ameaça a seus planos de poder. Por isso, inventava e disseminava mentiras sobre o caráter ilibado do apóstolo. Os enfectados com a síndrome de Diófrites, não suportam concorrência e, enxerga a quase todos como uma ameaça, aos seus nefastos planos de dominação. Por isso, partem para calúnia e difamação.

4- DÉSPOTA DITATORIAL

“e, não contente com isto, não recebe os irmãos, e impede os que querem recebê-los, e os lança fora da igreja.”

(3 João 1:10)

Diófrites se aproveitava de um certo poder clerical, e perseguia a ponto de expulsa a todos os que se opunham a ele, da igreja. Ditadores, déspotas,  sempre tem esses modos operandis. Não suportam o contraditório. Nas  ditaduras comunistas, marxistas e lenilistas, enxergamos esse espírito maligno. Vemos isso na Coreia do Norte, aqui na América latina, Venezuela e como se não bastasse, a Bolívia esta se tornando uma ditadura. Foi sancionada uma serie de leis na Bolívia, que entrara em vigor daqui a 180 dias, onde se torna crime se opor ao governo. Inclusive nesse mesmo bojo, pregar o evangelho para converter pessoas ao cristianismo, se constitue um crime passivo a reclusão de 7 a 12 anos de cadeia. O governo boliviano, esta tentando amordaçar e asfixiar todas as classes sociais que ele considera uma ameaça ao seu regime. Oremos pelos irmãos da Bolívia que estão muito aflitos.

CONCLUSÃO

A síndrome de Diótrefes, é maligna. O texto bíblico diz que ela é do mal e não tem nada a ver com Deus (3 João 1:10). Esse espirito está  vivo a atuante nesse mundo. Mas palavra do Eterno nos adverte:

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.

E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.”

(1 João 2:15-17).

Cuidado para não ser infectado com a SÍNDROME DE DIÓTREFES.

Fonte: Cedo Venho – Pr. Márcio Ezequiel (Teólogo e Conferêncista) –  17/01/2018

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar