Saúde

Benefícios e cuidados dos chás emagrecedores

Conseguir perder peso e manter uma vida saudável não é uma tarefa fácil e exige dedicação. Por isso, muitas pessoas acabam recorrendo aos chás termogênicos para como aliado no processo de emagrecimento. Essas bebidas ajudam a acelerar o metabolismo do organismo e colaboram com a queima de gordura.

Se for prescrito e utilizado de forma correta, o chá termogênico é sim um bom aliado de quem quer perder peso, garante a professora e coordenadora do núcleo de pós-graduação em nutrição do Instituto de Desenvolvimento Educacional (IDE), Joyce Moraes.

“Mas é importante que o chá termogênico seja receitado por um profissional habilitado em nutrição e fitoterapia, pois o tratamento é personalizado. Os termogênicos não promovem a perda de peso sozinhos, mas atuam na causa.

Se o problema for a compulsão alimentar, por exemplo, a camomila vai ser uma ótima aliada, mas se for o metabolismo lento, a camomila não poderá ajudar. Por isso, a importância de procurar um profissional habilitado na área”, esclarece.

Joyce também alerta para os cuidados que devem ser tomados ao ingerir esse tipo de chá: “eles apresentam reações adversas e alguns, a longo prazo, podem promover efeitos deletérios. Devemos parar com o pensamento de que um chá é natural e não pode fazer mal.

Ao contrário, toda planta medicinal apresenta efeito adverso ou contra indicações, principalmente se for consumida em quantidades acima do recomendado, que traz prejuízos à saúde”. Outro mito é achar que os chás termogênicos irão, sozinhos, fazer a pessoa emagrecer, sem fazer nenhum tipo de atividade física.

“É importante que o paciente tenha hábitos saudáveis, já que a obesidade apresenta fatores multifatoriais”, explica a professora de nutrição do IDE. Já na hora de fazer o chá, é preciso tomar mais cuidados, como escolher folhas secas ou frescas, ao invés de usar os saquinhos prontos, seguir corretamente a quantidade de erva prescrita, a quantidade de água, modo de preparo e conservação.

“Devem ser preferencialmente consumidos na hora ou acondicionados em geladeira por, no máximo, 24h”, orienta Joyce. Misturar ervas é também uma boa opção para potencializar o efeito, mas não é prudente misturar mais do que cinco tipos de chás, sendo a mistura de três ervas a mais utilizada.

Segundo a especialista, quando duas ervas termogênicas são misturadas, o efeito é bem maior, mas é interessante também combinar tipos com efeitos afins, desde que não idênticos, como misturar uma erva anti-inflamatória com outra termogênica ou para compulsão por doces para otimizar o emagrecimento. Para quem está pensando em começar uma dieta e usar os termogênicos, a dica é procurar um nutricionista com experiência em fitoterapia para auxiliar no processo, pois ele é habilitado para prescrever quais os tipos e quantidades ideais para cada organismo.

Profissionais de saúde interessados em especialização na área, o Instituto Desenvolvimento Educacional conta com a pós-graduação em fitoterapia, que é multiprofissional, em várias cidades do Norte e Nordeste, como Recife, Fortaleza e Manaus. O curso tem duração de 21 meses e carga horária de 420 horas. Mais informações (81) 3465.0002, 0800 081 3256 e www.idecursos.com.br.

Abaixo, confira a lista dos principais termogênicos e quais o seus benefícios e cuidados:

Chá Verde: estimula o gasto energético e ajuda na perda da gordura. Auxilia no bom funcionamento do metabolismo. O consumo exagerado pode fazer mal para o organismo. Por conter cafeína, o uso em grandes quantidades pode causar insônia, além de levar à gastrite, pois aumenta o fluxo gástrico.

Grávidas devem evitar o chá verde, pois ele diminui o fluxo de sangue para a placenta, dificultando assim a formação do bebê. Por acelerar o metabolismo, portadores de hipertireoidismo e pacientes com hipertensão, glaucoma e problemas gástricos também devem evitar.

Canela: o chá de canela acelera o metabolismo. Reduz o apetite, possui efeito anti-inflamatório e antibacteriano, além de melhorar a circulação do sangue. O seu consumo excessivo pode trazer problemas alérgicos na pele e causar insônia. Gestantes não podem consumir esse tipo de chá.

Gengibre: acelera o metabolismo e auxilia no emagrecimento saudável. É antioxidante, anti-inflamatório, tônico e expectorante. Além de ser excelente aliado na digestão. Pessoas com problemas cardíacos devem tomar cuidado com o uso excessivo, pois ele acelera os batimentos cardíacos. Por acelerar muito o metabolismo do organismo, pacientes com hipertireoidismo também devem tomar cuidado.

Laranja: além de auxiliar na perda de peso por causa do seu efeito termogênico, ele reduz a retenção de líquido. Ele acelera o metabolismo do organismo, por isso deve ser usado com cautela por cardíacos e pessoas com hipertireoidismo.

Anis Estrelado: o efeito termogênico ajuda na perda de peso. Possui propriedades antibacterianas, diurética e ajuda na diminuição das dores abdominais. Eficaz também no combate a distúrbios digestivos. Pessoas com hipertireoidismo devem ficar atentas ao uso excessivo, pois ele acelera o metabolismo.

Fonte: Guiame – 09/06/2018

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar