ColunistasMárcio Ezequiel

O IDIOTA “A beleza salvará o mundo”

Essa expressão é tirada do livro O IDIOTA escrito pelo escritor russo Fiódor Dostoiévski

“A beleza salvará o mundo”

(Dostoiévski)

Essa expressão é tirada do livro O IDIOTA escrito pelo escritor russo Fiódor Dostoiévski. Neste best seller aclamado mundialmente, ele conta a historia do príncipe Míchkin (o idiota) que  tem 27 anos de idade, que tem epilepsia e fica vários anos em um sanatório.

O livro nos mostra a realidade de um mundo repleto de dor e desespero e de pessoas abomináveis, infames, corruptas e todos os adjetivos que caracterizam a perversidade humana.

Nesse contexto degenerado, esta o príncipe Míchkin, que apesar de ter vivido em um sanatório durante muito tempo e conviver com ataques epiléticos constantes, ele é cheio de generosidade e compaixão.

Mas, o querido príncipe Míchkin, é tido como ingênuo, bobo, “IDIOTA“. Por isso, ele é hostilizado por alguns e outros, tem muita pena dele por ele ser tão bonzinho.

Um ateu pergunta ao príncipe Mynski como “a beleza salvaria o mundo”? O príncipe nada diz mas vai junto a um jovem de 18 anos que agonizava. Aí fica cheio de compaixão e amor até ele morrer.

Com isso Dostoiévski nos quis dize: a beleza que salva o mundo, é o amor. A profunda compaixão pelos os que sofrem. Sou confrontado com as palavras do apostolo Paulo que dizem:

“Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.

E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição”.

(Colossenses 3:12-14).

Dizem os analistas dessa obra de magnífica de Dostoiévski que esse príncipe idiota, é uma metáfora de Cristo. Num mundo destituído da gloria de Deus, tomado pelas forças do mal através dos homens.

Cristo nos ensinou que o mundo não será transformado pela espada, mas pelo o amor. Cristo nos ensinou a dar a outra face, perdoar a quem nos machuca, amar a quem nos odeia.

Se Dostoiévski vivesse naqueles dias bíblicos neotestamentario, e  estivesse diante da Cruz de Cristo o ouvindo dizer: “Pai, perdoa-os pois não sabe o que fazem”. Ele com certeza diria: “Essa é a beleza que salvara o mundo”.

Na musica caubói fora da lei, o famoso cantor Raul Seixas chama Jesus Cristo de um herói “besta” por ter morrido numa Cruz. Ele diz que prefere ser o oposto.

O príncipe Mynski é chamado de “idiota”,  porque tem compaixão num mundo sem compaixão, ama sem ser amado, se importa primeiro com quem nunca se importou antes com ele.

Ser agente da graça num mundo sem graça, é ser um completo ” idiota” nesse mundo. Lendo Dostoiévski e lendo principalmente  Cristo, eu decido e desejo ser, um verdadeiro ‘IDIOTA”. E você? Quer ser um “IDIOTA”?

Fonte: Cedo Venho/Pr. Marcio Ezequiel –  19 de Julho de 2018

Artigos relacionados

2 pensamentos “O IDIOTA “A beleza salvará o mundo””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar