DestaquePolítica

Crise de identidade? PT troca o vermelho por verde e amarelo

Para o segundo turno, o Partido dos Trabalhadores tomou uma decisão ousada: trocou a cor da campanha de Fernando Haddad (PT), tirando o vermelho característico do partido pelo verde e amarelo. Além disso, um serviço de photoshop retirou o rosto de Luiz Inácio Lula da Silva do material de campanha.

A escolha, divulgada nesta quarta-feira (10), aproxima o novo material do eleitorado de Jair Bolsonaro (PSL), seu rival nas urnas. No entanto, os eleitores não aprovaram a mudança, nem pró nem anti PT. O termo Campanha do Haddad subiu para os Trending Topics do Twitter poucas horas da divulgação.

Uma das críticas mais contundentes foi do senador Magno Malta (PR).

– O segundo turno começou e olha só o engano! Eu já disse que o Diabo é o pai da mentira e o PT é a mãe. O Haddad agora mudou tudo, as cores são verde e amarelo para confundir com as cores do Brasil usadas por Jair Bolsonaro, já não usa mais o Lula e nem o 13.

O encontro dele agora em Curitiba Paraná, com o presidiário (Lula) foi em um hotel, não mais em frente à Polícia Federal. Você sabe o que é isso? Obra de marqueteiro. Você se lembra dessas histórias de marqueteiro que recebe no exterior? É isso novamente. É para confundir a sua mente. Você sabe quem é número 13 e quem é PT e a serviço de quem está Haddad – declarou.

Fonte: PlenoNews – 11 de Outubro de 2018

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar