DestaqueNotícias Internacionais

Holanda – Igreja encerra culto após 3 meses

O culto era realizado para proteger família de armênios da deportação. Governo reconsiderou expulsão após igreja realizar cultos ininterruptamente desde outubro

Após três meses de cultos ininterruptos, a igreja cristã Bethel, na Holanda encerrou nesta quarta-feira (30) a vigília, que ocorria desde outubro do ano passado.

A medida havia sido tomada para proteger uma família de armênios que arriscava ser deportada. A lei holandesa proíbe que a polícia faça buscas em um templo enquanto serviços religiosos estiverem em andamento.

A Igreja Bethel está localizada uma pequena capela em um bairro residencial de Haia. A instituição anunciou o fim do serviço um dia depois de a coalizão governamental holandesa anunciar que vai rever os pedidos de asilo de centenas de crianças que haviam tido suas solicitações rejeitadas.

Milhares de fiéis estavam rezando sem parar para proteger a família Tamrazyan – formada pelos pais, duas filhas e um filho – da deportação. O último culto foi realizado na quarta-feira às 13h30 do horário local (10h30 em Brasília) e foi seguido por uma festa.

“Estamos incrivelmente gratos por um futuro seguro na Holanda para centenas de famílias de refugiados”, disse em comunicado o representante da Igreja, Theo Hettema.

No Twitter, a filha mais velha, que atua como porta-voz da família, comemorou a conquista dos imigrantes. “Gostaríamos de agradecer a todos que contribuíram para este maravilhoso asilo da igreja Bethel. Nós carregamos juntos, com todos os voluntários, pastores, visitantes, etc”, escreveu Hayarpi.

http://comunhao.com.br/culto-holanda-encerrado/

Fonte: comunhao – 05 de Fevereiro de 2019

COMENTÁRIOS – O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar